Qua, 18 de Fevereiro de 2015 14:32

Como permanecer bem no mercado de trabalho

Como permanecer bem no mercado de trabalho

Grande parte das empresas esgota todas as possibilidades antes de partir para a redução do número de colaboradores, porém quando ocorre à demissão é uma experiência marcante para a maioria dos profissionais porque, além de ser um movimento de impacto na carreira, afeta o ego e a vida pessoal.

Num primeiro momento, a demissão, a contragosto do profissional despedido, traz consigo grande carga emocional. Saiba o que fazer se for demitido.

O importante é não isolar-se; ficar próximo dos familiares e amigos que podem dar apoio humanizará esse momento. Uma das melhores  opções é procurar se preparar para a nova etapa. Inclusive, com a dedicação a esse preparo, a carga emocional pós-demissão tende a diminuir.

Essa dinâmica implica em algumas ações "básicas", como:

- Organizar e planejar a vida financeira.

- Buscar saber os reais motivos que acarretaram a demissão. E, de forma imparcial e isenta de emoções, refletir.

- Rever e analisar os objetivos profissionais e de vida pessoal.

- Analisar os requisitos ora demandados pelo mercado.

- Fazer uma autoavaliação sobre o perfil profissional, para detectar pontos fortes e frágeis.

- Pesquisar cursos e/ou livros para atualização.

- Providenciar um bom currículo.

- Contar com o networking, sites de emprego e consultorias para potencializar a busca pela recolocação.

- Preparar-se para entrevistas, principalmente para se sentir confiante no momento de expor a experiência, as competências e explicar a demissão, quando questionado.

- Analisar criteriosamente as oportunidades oferecidas.

Enfim, a demissão faz parte da vida profissional, ninguém está totalmente imune a ela e, apesar do impacto emocional, deve ser encarada como uma oportunidade de reflexão sobre a carreira e uma chance de começar uma nova etapa com muito mais experiência. Energizar-se por meio da fé e pela lembrança de suas conquistas e desafios vencidos fará toda a diferença neste momento. Boa sorte!

Fonte : Portal RH